CLAUDIA LETTI

Quando encomendei meu mapa astral há mais de 25 anos e o recebi digitado, fiquei frustrada com o resultado porque a pessoa dona daquela mandala, não se parecia muito comigo. As características não pareciam minhas, embora tivesse ali naquele texto muitas nuances do meu sol em Libra, do meu ASCendente e da “minha” Lua.

Pensando que eu pudesse estar me autossabotando levei o mapa para meu terapeuta que concordou: aquele mapa realmente não parecia muito comigo. Porque eu não estudava astrologia, ele perguntou?

Como já era uma curiosa adepta do I Ching e do Tarot, a sugestão me pareceu uma boa ideia.

Quando comecei a estudar, percebi que a astrologia é um cruzamento de dados estatísticos, que aquelas características apontadas no meu mapa astral até poderiam ser minhas se tivessem sido analisadas juntamente com todos os aspectos do meu mapa natal.

Fiquei fascinada e, desde então, a Astrologia faz parte da minha vida.

A astrologia é filha da estatística e amiga das estratégias. Ela não dispõe de nada, mas pré dispõe quase tudo. A decisão está sempre com o dono do Livre Arbítrio, que sou eu, é você – dono do seu próprio mapa e do seu destino.

A Astrologia é minha Guru, minha consultora e minha bússola.


FAÇA SEU MAPA!